CULTO DE ENSINO - 06/02/15

 

ESTUDO 1 - SINAIS PROFETICOS

Introdução à Escatologia

 

O termo ESCATOLOGIA vem do grego:

Eskhatós: que está na extremidade, extremo, último”

Logia: significa “tratado, ciência, estudo”, vem do grego logos (“palavra, razão”)

Definição: Escatologia é o estudo teológico a respeito das últimas coisas.

 

Os temas relacionados à escatologia, de um modo geral, têm sido tratados de duas maneiras opostas: uma se aproxima do sensacionalismo e outra compõe a fila da indiferença.

SENSACIONALISMO – crentes desesperados, ansiosos, vivem como se o mundo fosse explodir a qualquer momento. Ao longo da história, este erro foi várias vezes cometido. Centenas de líderes fanáticos marcaram datas e lugares para a volta de Jesus. Todos fracassaram, como fracassarão todos que continuarem a fazê-lo.

Para alguns, tudo o que acontece é uma indicação de que a volta de Cristo está próxima. Desde a década de 70, têm surgido inúmeros artigos, vídeos e filmes sensacionalistas acerca da reconstrução do templo de Jerusalém, da multiplicação sobrenatural de corvos em Israel, da existência de um supercomputador de dois andares (apelidado de “A Besta”) na Bélgica, achados arqueológicos da Arca de Noé, da Arca da Aliança, das lápides dos túmulos de Maria, José e de muitos apóstolos, assim como muitas outras descobertas tais como das cinzas da novilha vermelha, petróleo no território da tribo de Aser, ou à suposta fenda geológica já existente no Monte das Oliveiras... Uma descoberta sensacional parece perder seu brilho diante da próxima. Mas cada uma delas, quando cuidadosamente investigada, mostra carecer de alicerce real. Isso, é claro, não quer dizer que não tem havido descobertas arqueológicas interessantes em Israel. Mas a vinda do Senhor não depende de uma rachadura que supostamente já existe no Monte das Oliveiras, não depende da descoberta das cinzas da novilha vermelha ou da Arca da Aliança, ou de qualquer coisa dessa natureza. Seja lá qual for a descoberta, ela é total e absolutamente insignificante quando comparada com as Sagradas Escrituras, que são a verdade eterna. Somente a Bíblia é inquestionavelmente confiável. As profecias devem ser extraídas das Escrituras e não dos jornais.

Há pessoas que querem saber mais que Jesus, que garantiu que “aquele dia e hora, porém, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, senão só o Pai” (Mt 24:36). Nós simplesmente não conhecemos o tempo da volta de Jesus Cristo. E isto é muito bom. Nós temos que viver como se Ele fosse voltar hoje, com os olhos voltados para a Sua direção. E, ao mesmo tempo, viver como se Ele fosse ainda demorar a retornar, mantendo nossos olhos voltados para o crescimento em direção à Sua estatura perfeita, enquanto tocamos nossos projetos, de curto, médio e longo prazos, esperando e desejando a sua volta.

INDIFERENÇA – crentes displicentes, relaxados, achando que a volta de Cristo vai demorar muito ou tem medo de pensar no assunto, acham complicado demais. Quão importante é a Escatologia? Realmente faz diferença sabermos como será esta volta? É claro que, mais importante do que compreender o significado das profecias apocalípticas, é ter a certeza de que realmente Jesus voltará. No entanto, não podemos partir para o extremo de ignorar os assuntos relacionados à Escatologia devido à sua difícil interpretação. O fato de Deus haver decidido revelar alguma coisa torna esta coisa importante (até genealogia). Portanto, precisamos buscar em Deus sabedoria para compreender as Escrituras para que possamos proclamar o plano divino com exatidão.

Diferentemente destas visões equivocadas, precisamos de uma VISÃO BÍBLICA acerca do presente e do futuro. O nosso presente é possível porque no passado Jesus Cristo morreu e ressuscitou por nós. O nosso presente é possível porque no futuro Jesus voltará para nos fazer ressuscitar e viver para sempre com Ele num tipo de vida radicalmente diferente da que conhecemos e experimentamos.

A Palavra de Deus nos diz que compreender a Jesus equivale a compreender a profecia. Apocalipse 19.10, por exemplo, afirma: "... o testemunho de Jesus é o espírito da profecia." Jesus é a verdade, o Espírito é a verdade, a profecia é a verdade. Portanto, quando estamos lidando com a Palavra Profética, precisamos reconhecer plenamente que estamos lidando com o Deus da profecia, com Jesus e com o Espírito da verdade! O testemunho de Jesus Cristo é verdadeiro, quer confiemos nele ou não. A nossa incredulidade ou interpretação errônea não muda a verdade.

Temos a liberdade de interpretar os sinais do fim que a Sagrada Escritura nos dá, mas a nossa interpretação jamais deve ser considerada a final. Devemos permitir que as Escrituras confirmem a si mesmas, do mesmo modo como o Senhor Jesus e Seus apóstolos o fizeram.

O apóstolo Pedro adverte os crentes a darem ouvidos à Palavra Profética e enfatiza que esta é absolutamente confiável. Ele faz uma afirmação importante em 2 Pe.1:20: "... nenhuma profecia da Escritura provém de particular interpretação." A Palavra Profética foi dada à Igreja de Cristo, o corpo completo dos que crêem. Ela não é deixada à interpretação individual e isolada. Quando um indivíduo crê que descobriu uma verdade especial nas Escrituras, ele deveria comparar cuidadosamente a sua crença com a de outros homens de Deus e observar como eles interpretam o mesmo texto bíblico.

 

FATOS, SUPOSIÇÕES E ESPECULAÇÕES

É preciso estar atento para diferenciar três categorias básicas com relação aos sinais dos tempos e assuntos escatológicos. O especialista em profecia Dr. Ed Hindson chama essas três categorias de: fatos, suposições e especulações. Fatos são afirmações claramente declaradas nas Escrituras: Jesus voltará, os perdidos serão condenados, haverá um período de grande tribulação na terra nos finais dos tempos, o conflito final será vencido por Cristo, etc... Suposições são conclusões a partir da interpretação de um texto bíblico. Se a interpretação estiver correta, a suposição será válida; caso contrário, levarão a especulações ridículas. Especulações são conjecturas baseadas em suposições. Em muitos casos, elas não tem nenhuma base profética. Por exemplo: a Bíblia diz que o número do anticristo é “666”. Supõe-se que esse seja um número literal que aparecerá nos últimos dias. Quando um evangelista famoso viu o número 666 em parte das placas de automóveis em Israel há alguns anos atrás, especulou que a “marca da Besta” já havia chegado à Terra Santa.

O maior perigo que corremos em tentar interpretar a profecia bíblica é supor que nossas especulações estão corretas e,  assim, pregá-las como fatos. Já é tempo de estudantes sérios da profecia bíblica buscarem discernimento daquilo que é fato, do que é suposição e do que é especulação.

 

COMO ENTENDER UMA PROFECIA BIBLICA

Quais diretrizes tomar ao interpretar um texto profético? Ao longo dos anos, dezenas de respostas foram elaboradas para tentar responder a esta pergunta. Eis abaixo as mais importantes:

  • O texto não pode ser estudado isoladamente. Considerar o contexto imediato, o contexto geral e o contexto de toda Escritura – comparar com outros textos. Compreender o significado da palavra e seu contexto gramatical comum e não etimológico. Observar o caráter literário (poesia, cântico, história...)
  • Verificar a quem foi dirigida;
  • A única regra de fé infalível de interpretação é a própria Escritura. Ou seja, quando houver dúvida sobre o sentido de qualquer texto da Escritura, esse texto deve ser estudado e compreendido por outros textos que falem mais claramente. Nenhuma interpretação deve ser tida como legítima se coloca a Escritura em contradição com a própria Escritura.
  • Verificar se se trata de presente ou futuro, se já se cumpriu ou não. Os profetas viam as profecias como um todo, e falavam como se já tivesse acontecido. ¼ da Bíblia é profético. Metade dessas profecias já se cumpriram.
  • Profecias condicionais – podem nunca se cumprir, pois dependem da atitude de um ser humano ou de um grupo de pessoas.
  • Duplo cumprimento (ou dupla referência) – profecias com, aparentemente dois cumprimentos: um parcial e depois um pleno.
  • Toda alegorização deve ser rejeitada como método de interpretação das Escrituras, exceto em caso que o próprio autor afirma se tratar de uma alegoria (Gl 4:24-26).
  • Se o texto for obscuro, não deve ser usado como matéria de fé. Colocar na prateleira

 

A Bíblia está cheia de linguagem simbólica, principalmente as mensagens proféticas e escatológicas e, portanto, não são muito fáceis de serem compreendidas. Não temos como saber se algumas profecias já se cumpriram ou se ainda irão acontecer. Não temos como saber o exato significado de cada número ou figura. Não temos como saber como certeza o que é literal e o que é simbólico. E assim por diante. Muitas profecias do A.T. só foram compreendidas depois que se cumpriram. Provavelmente assim acontecerá com o Apocalipse e varias outras profecias da Bíblia.

O que Deus queria que nós soubéssemos, Ele deixou claro na sua Palavra (Dt 29:29). Isso significa que tudo aquilo que não está claro, não precisa ser compreendido agora. Por exemplo: saber se as ruas de ouro são realmente de ouro, ou se trata de uma linguagem simbólica, descrevendo ruas maravilhosas, não nos ajudará a ficar mais perto de Deus, nem mudará em alguma coisa nosso relacionamento com Ele ou nossas expectativas com relação ao Céu.

 

CERTEZAS SOBRE O FIM DO MUNDO

Alguns fatos estão bastante claros, cabe a nós conhecê-los e nos prepararmos para os “tempos do fim”. Vamos a eles:

 

1. O MUNDO COMO O CONHECEMOS TERÁ UM FIM

 

Cientistas alertam sobre o aquecimento global e a extinção dos recursos naturais da Terra, mas o planeta não será destruído pelas mãos do homem, embora sua ganância e egoísmo têm contribuído, e muito, para a deterioração da natureza. O mundo será destruído pelo juízo de Deus através do fogo. A Bíblia diz que no fim de todas as coisas, este mundo não mais existirá. Isto porque a Terra está contaminada com o pecado e chegará o tempo em que o bem triunfará por completo sobre o mal, e toda a iniquidade será punida e extirpada para sempre.

Referências bíblicas: Isaías 34:4; 2 Pedro 3:7-13; Apocalipse 21:1.


 2. ANTES DO FIM

 

Não há como saber quando este mundo vai ser destruído, pode ser neste ano, ou nos séculos vindouros. Mas a Bíblia enumera vários sinais que antecederão o fim, para que permaneçamos alerta e vivendo na expectativa deste fim, quando Cristo triunfará sobre todas as hostes da maldade. Por outro lado, precisamos ter a humildade de reconhecer que há sinais que dificilmente conseguiremos entender com clareza até que se cumpram. Por isso não podemos marcar tempos que só Deus conhece; o Senhor da história não é refém de nossas interpretações, que falham.

Alguns sinais já se cumpriram, ou estão se cumprindo, claramente. Outros ainda não. Cabe a nós ter cuidado de não os ignorar, mas também de não os produzir, fazendo com que fatos se encaixem artificialmente em nossos esquemas e interpretações alegóricas.

O fato é que o fim não virá até que todas as profecias se cumpram.

 

3. SINAIS ESCATOLÓGICOS

 

Os sinais do fim estão na Bíblia, mas devemos ter a humildade de reconhecer que há sinais que dificilmente conseguiremos entender com clareza. O objetivo disso é nos advertir contra a possibilidade de marcar tempos que só Deus conhece; o Senhor da história não é refém de nossas interpretações, que falham.

Alguns sinais já se cumpriram claramente. Outros ainda não. Devemos ter cuidado de não os ignorar, mas também de não os produzir, fazendo com que fatos se encaixem artificialmente em nossos esquemas.

 

Principais acontecimentos previstos na Bíblia como sinais de que o fim estaria próximo:

  1. O saber e o conhecimento humano se multiplicarão (Daniel 12:4).
  2. Surgirão falsos cristos e falsos profetas (Mateus 24:5 e 11; 1 João 2:18).
  3. O amor se esfriará e a maldade aumentará (Mateus 24:10 e 12).
  4. A nação de Israel será restaurada (Jeremias 31:38; Ezequiel 37:21-23).
  5. Falsas religiões, dogmas humanos (I Tm 4:1-2)
  6. Filhos rebeldes (II Tm 3:1-2)
  7. Luta entre o capital e o trabalho (Tg 5:1-4)
  8. Escarnecedores (II Pe 3:3-4)
  9. guerras e rumores de guerras (Mt 24:6)
  10. fomes e terremotos (Mt 24:7)
  11. perseguição aos cristãos (Mt 24:9)
  12. pregação do evangelho em todo o mundo (Mt 24:14)

 

Outras profecias interpretadas como escatológicas, mas que não indicam isso diretamente no texto:

  • Na 2:4 – carros velozes como relâmpagos – visão de Naum comparada a camelos.
  • Ez 37:21 – restauração de Israel: cumpriu-se em parte, mas Israel ainda não está totalmente purificado (v.23). É uma profecia, mas esta não foi dada como um sinal de que o fim estaria se aproximando...
  • Is 31:5 – profecia do avião? volta de Cristo?
  • Jr 31:38 – profecia da restauração de Israel – se cumpriu em 1948.

 

 CONCLUSÃO

 

Alguns acreditam que todos estes acontecimentos descritos na Bíblia são simbólicos, ou que já aconteceram no passado. Outros julgam tudo isso complexo demais e preferem não pensar no assunto. Mas a verdade é que precisamos estar preparados! A ignorância sobre a volta de Cristo e os acontecimentos escatológicos é uma estratégia diabólica para nos manter fracos e desapercebidos.

Então, diante de tudo isso, de tudo o que se deve guardar, o mais importante é que Jesus vai voltar para buscar a sua igreja, e que precisamos manter viva esta expectativa, não nos deixando prender às coisas desta vida, e mantendo os nossos olhos fixos nos Céus: "Vigiem, porque vocês não sabem em que dia virá o seu Senhor. Mas entendam isso: se o dono da casa soubesse a que hora da noite o ladrão viria, ele ficaria de guarda e não deixaria que a sua casa fosse arrombada. Assim vocês também precisam estar preparados, porque o Filho do homem virá numa hora em que vocês menos esperam.” (Mateus 24:42-44).

O fim do mundo deve ser motivo de grande alegria para aqueles que amam a Deus, pois será o tempo da vitória completa e definitiva do Cordeiro sobre todo o mal. MARANATA! ORA VEM, SENHOR JESUS!

 

Leia também:

 

Estudo 1

Estudo 2

Estudo 3

Estudo 4

Estudo 5

Estudo 6

Estudo 7

 

 

 


 

Prof. Márcia Rezende
Bacharel em Teologia e Educação Religiosa
Pastora na 3ª Igreja Batista de Marília


Enquete
    Enquete
Nosso novo SITE está no "forno". O que você mais gostaria de encontrar por aqui:




votar - ver resultados

    Mural

fernando: bom dia irmãos, fiquei por muitos dias e horas na internet buscando informações para entender e ter uma opinião formada em relação a crise politica que vivemos , cheguei a seguinte conclusão , não adianta sair as ruas pedir o fim da corrupção , fora A ou fora B , temos que sair sim , mas para clamar a DEUS sua misericórdia sobre nós pois tudo o que acontece está sob sua permissão , se as coisas estão difíceis é DEUS nos avisando , TEMOS QUE BUSCAR A MELHORA EM DEUS QUE SABE DO QUE REALMENTE PRECISAMOS , E NÃO EM HOMEM NENHUM , me recordo que uma vez saímos para clamar a DEUS nas entradas e saídas de nossa cidade , será que não está na hora de sairmos novamente em clamor a DEUS ??? ESSA CRISE É RESULTADO DE MUITA OBSTINAÇÃO GENERALIZADA VAMOS REFLETIR ??? VAMOS AGIR ??? VAMOS PARA RUA CLAMAR ??? ou vamos esperar achando que nós mesmos vamos resolver ???

Servo do Altissimo : Estava eu, olhando o site dessa igreja e dentro de mim surgiu um sentimento tão gostoso, senti saudade. Saudade de não estar mais tão perto, de nao estar mais servindo como antes, de não estar mais louvando, adorando e aprendendo mais sobre o Deus que tudo pode. Ah se eu pudesse faria tantas coisas diferente, falaria e teria outros atos para conservar e ampliar a distância entre eu e essa igreja, que por tanto tempo religou eu a Deus. Ahh mas como somos falhos, deixamos levar por coisas futéis, pequenas, coisas que nos tiram o foco, deixando a visão desfocada, assim saimos do caminho que nos leva a Salvação. Como ja previa o profeta, até os jovens cansam e caem. Mas irmãos, mantenha firme no Senhor, olhe para o alvo, olhe para o Snehor que é de onde vem o socorro, olhe para Deus e corra para os braços DELE, onde há força, onde a esperança nao acaba, Ele é o Senhor, o Senhor de Todas as coisas. Escolhi por um tempo vender os meus ministérios para Satanas, troquei as veste de principe, por veste de luto, veste sujas, troquei a liberdade por uma escravidão, mas ela, a escravidão nao foi eterna, pois o Senhor de todas as coisas vive para Sempre, e os que estão na mãos dele nunca sai de lá, sou a prova disso, quando o meu alvo deixou de ser Cristo, e quando meu caminho não levaria a Cristo sentia que meu caminho não era ali, me perguntava: Meu Deus onde estou? Porque estou aqui? Oh Deus me ajuda, mas ele estava ali, de braços abertos para me abraçar e sorrir para mim. Oh Deus nunca me Deixou, o Espirto Santo começou a incomodar meu coraçao, podia ouvir filho, seu lugar não é aqui. Ahh como ele é Gentil, hoje voltei para a Casa para ser Casa novamente, casa do Senhor. Casa que ajuda a me ligar com Deus, me ensina, me leva a adorar o Deus, o único Deus, ALELUIA. Amada Igreja mantenha o foco em Cristo, amados pastores, vocês são um canal de benção, para todos nos, ovelhas do rebanho de Cristo. É um prazer fazer parte desse corpo, corpo únido, corpo sadável. Sendo igreja.

ENTRELÍDERES: Terça, dia 19 de Janeiro, teremos nosso primeiro encontro de 2016. Contamos com a presença de todos que ocupam alguma função de liderança na igreja. Será um tempo muito importante de comunhão, oração e compartilhamento. Não percam!

Alexandre - Rede Ministerial: Alexandre, recebemos seu recado e enviamos o material solicitado por email, mas o email voltou. Favor reenviar endereço para entrarmos em contato. Deus abençoe.

fernando: sim estamos vivendo os ultimos dias do governo humano na terra.A cada dia que se passa vemos a falência dos pilares humanos : Político , comércio , e religioso. Por isso é muito importante sabermos o que nosso Deus tem reservados p os que creem nele de verdade. (Mateus 6:10)=venha o teu reino , seja feita a tua vontade , assim na terra como no céu. (Daniel 2:44)=na época desses reis ,o Deus dos céus estabelecerá um reino que jamais será destruído e que nunca será dominado por nenhum outro povo ,destruirá todos os reinos daqueles reis e os exterminará , mas esse reino durará para sempre. (salmo 72:12)= Pois ele liberta os pobres que pede por socorro,os oprimidos que não têm quem os ajude.(Isaías 33:24)= Nenhum morador de Sião dirá: "estou doente!" E os pecados dos que ali habitam serão perdoados.(João 5:28,29)=Não fiquem admirados com isto,pois está chegando a hora em que todos que estiverem nos túmulos ouvirão a sua voz e sairão;os que fizeram o bem ressuscitarão para a vida, e os que fizeram o mal ressuscitarão para serem condenados. O entendimento da palavra de Deus nos ajuda a entender o que acontece hoje e o que está por vir....Deus nos abênçoe a todos.

Deixe seu recado

    SIGA NO TWITER
 Jesus, em todos os lugares, de todas as formas... Jesus, everywhere, in all forms... Jesús, por todas partes, en todas sus formas... Gèsus, partout, sous toutes ses formes... Yesu, bisika nionso, na ba ndenge nionso... Yisu, bifulu biakulu, ye mu mpila zakulu...